O caixa 2 de Bolsonaro

A direita usa o discurso de combate à corrupção para enganar a sociedade e eleger seus representantes.

Bolsonaro, da direita radical, e do PSL usou o discurso de combate à corrupção durante toda a campanha.

Falou e fala que o PT quebrou o país e que suas lideranças são corruptas.

Na votação do impeachment que consagrou o golpe que derrubou Dilma Roussef, os deputados e deputadas que votaram, usaram nas suas falas o discurso contra a corrupção.

Meses após, muitos foram indiciados por corrupção.

Mas, conseguiram antes, enganar parte da sociedade e derrubar um governo legítimo.

Um exemplo é o indiciamento do atual ministro do turismo de Bolsonaro Marcelo Álvaro Antônio e a ligação do Bolsonaro com o esquema.

Poderíamos citar vários outros: o esquema do Flávio Bolsonaro, do Carlos Bolsonaro, o envolvimento da família com o Queiroz e milicianos do RJ, o cheque da mulher do Bolsonaro…

Esses indivíduos todos usaram o discurso de combate à corrupção para chegar aonde chegaram.

No entanto, o essencial aqui é debater o porquê das pessoas acreditarem ao longo do tempo nesse tipo de discurso.

Acreditar e eleger indivíduos, na sua maioria, defensores do grande capital e, por cima, corruptos.

Parte do povo acredita no discurso, vota nos caras e os caras no Congresso votam nas reformas que prejudicam profundamente o povo.

Essa notícia do laranjal do PSL não é nova.

Novo, de certa forma, é a prova do envolvimento do Bolsonaro.

Vejam a notícia:

“Reportagem de Camila Mattoso e Ranier Bragon na Folha revela que Hassander Souza de Paula, ex-assessor de Marcelo Álvaro Antonio e coordenador de sua campanha a deputado estadual, disse em depoimento à Polícia Federal no dia 27/06 que “acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro”.

Bolsonaro em vez de explicar foi para o twiter com outra mentira, postando um vídeo tentando ligar o PT ao PCC…

Por José Gilbert Arruda Martins

FONTE:

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/10/ex-assessor-e-planilha-implicam-bolsonaro-e-ministro-em-caixa-dois.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *