Ministério Público vai pedir Lula livre?

De 2001 até agora, a Lista Tríplice para o cargo de Procurador-Geral da República só não foi acatada em sua primeira edição.

A partir de 2003, o então presidente da República. Luiz Inácio Lula da Silva passou a reconhecer e prestigiar a escolha dos procuradores da República para o cargo de chefe do órgão.

Isso significa respeito às instituições da República.

Respeito à democracia, ao Brasil e seu povo. Respeito aos Procuradores que honram o cargo, os procuradores não golpistas.

O MP, foi prestigiado, valorizado, profundamente respeitado nos governos petistas.

Lula e Dilma, no entanto, não tiveram por parte de parte do MP tratamento republicano…

Procuradores e procuradoras foram a público atacar Lula, Dilma e seus governos…

Muitos apoiaram abertamente o golpe de 2016 que apeou um projeto popular.

Agora estão em meio a um governo que, além de não respeitar a lista tríplice é antidemocrático…

Bolsonaro, como era esperado, devido a seu caráter fascista rompeu com a tradição da lista tríplice.

Sobre a escolha de Aras…Fernando Brito do Tijolaço escreveu o seguinte:

A indicação de Augusto Aras não é, por si só, o pior dos mundos para a Procuradoria Geral da República, tamanho eram os disparates que se apontava como possíveis escolhas de Bolsonaro, com alguns nomes que tinham a marca de uma extrema direita terrível.

No entanto, são preocupantes as notícias dos movimentos de Augusto junto aos filhos do presidente.

Outro ponto fundamental…

Quase que certamente a área dos Direitos Humanos será entregue a alguém que tenha por eles o mesmo desprezo que tem Bolsonaro.

Há o risco de que se tenha, talvez, uma ressurreição da figura do “Engavetador Geral da República” que Geraldo Brindeiro encarnou no Governo Fernando Henrique Cardoso.

As reações iniciais, da Associação Nacional dos Procuradores da República e de procuradores ligados à Lava Jato de fato revelam essa reação da ala “furiosa” do MP.

Nos próximos dias o ambiente entre os procuradores será o de uma rinha, com bicadas e esporões sobre Aras.

O MP é um caso claro de autodestruição de sua institucionalidade. Quis entrar na política e, agora, dentro dela, a política o está demolindo.

Por isso perguntamos: O MP vai pedir Lula Livre para ter a lista tríplice respeitada novamente?

Por José Gilbert Arruda Martins

FONTE:

http://www.anpr.org.br/listatriplice

IMAGEM: Tijolaço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *