HQ da Marvel censurado por Crivella se esgota na Bienal do Rio

Bolsonaro, João Doria e, agora, Marcello Crivela apelam para seus “kits gay” de ocasião.

O prefeito medieval, na quinta feira, censurou a Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

“Claro que, por mais estúpidos que sejam, sabem que, com a internet, qualquer adolescente ou mesmo pré-adolescente tem acesso a representações de sexo, escritas, desenhadas ou filmadas astronomicamente mais explícitas que as que mandaram apreender.”

O pastor-prefeito não gostou de ver um livro em quadrinhos para adultos com cenas homoafetivas e mandou que as publicações fossem recolhidas.

O livro mostra uma cena em que dois personagens masculinos se beijam.

Trata-se do HQ “Vingadores”, que traz cenas em que heróis mantêm relacionamento homoafetivo.

A publicação não é voltada para o público infantil.

No entanto pessoal…

Não adiantou nada a censura imposta, pelo contrário, a iniciativa estimulou as vendas.

Todos os exemplares que estavam à venda em diferentes estandes se esgotaram em pouco mais de meia hora, na manhã desta sexta-feira (6).

“A revista que escandalizou Crivella foi lançada em 2010 e nunca despertou revolta alguma, depois de vender centenas de milhares – ou até milhões – de exemplares no mundo inteiro.”

“A direção da Bienal, em nota, havia dito que não iria retirar os livros e que daria voz “a todos os públicos, sem distinção, como uma democracia deve ser”.

“Este é um festival plural, onde todos são bem-vindos e estão representados. Inclusive, no próximo fim de semana, a Bienal do Livro terá três painéis para debater a literatura Trans e LGBTQA+.

“A direção do festival entende que, caso um visitante adquira uma obra que não o agrade, ele tem todo o direito de solicitar a troca do produto, como prevê o Código de Defesa do Consumidor”, acrescenta a nota.

A estupidez dá voto, nestes tempos de estupidez.

FONTE:

https://revistaforum.com.br/politica/hq-da-marvel-censurado-por-crivella-se-esgota-na-bienal-do-rio/

IMAGEM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *