FLÁVIO BOLSONARO E OS 37 IMÓVEIS

A investigação sobre o gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) atinge um total de 37 imóveis supostamente ligados ao senador do PSL, sua família, além da empresa Bolsontini Chocolates e Café.

São 14 apartamentos e 23 salas comerciais em Copacabana, Botafogo, Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

No pedido de quebra de sigilo bancário e fiscal de Flávio e outras 94 pessoas e empresas, de 15 de abril, o Ministério Público afirmava já ter reunido informações de que ele investira R$ 9,4 milhões na aquisição de 19 imóveis.

“As vendas declaradas entre 2010 e 2017 representariam uma lucratividade de R$ 3 milhões.”

A devassa patrimonial é uma das linhas de investigação do Ministério Público no caso dos supostos pagamentos irregulares detectados no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro e das movimentações bancárias atípicas nas contas de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Será que a justiça terá fôlego para investigar profundamente?

Quando falamos em fôlego, estamos pensando, o MP do Rio aguentará pressões das autoridades e ameaças do crime organizado?

A investigação profunda, se acontecer, pode chegar onde?

Já parou para pensar nesse detalhe, caro trabalhador e trabalhadora?

As ligações do clã Bolsonaro com milicianos no Rio é histórica, falta a justiça enxergar, a profundidade…

Um exemplo, até hoje, há mais de um ano do assassinato de Marielle Franco e seu motorista, o Brasil e o mundo, perguntam-se: Quem mandou matar Marielle?

A profundidade da investigação poderá trazer á tona, coisas que até o diabo duvida.

Lembram dos 117 fuzis M-16 encontrados na casa de um miliciano vizinho do presidente?

Queiroz e os R$ 1,2 milhões…

Michele Bolsonaro e cheque de R$ 42 mil…

Flávio Bolsonaro e os 37 imóveis…

FONTE:

Estadão:

https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,investigacao-sobre-flaviobolsonaro-alcanca-37-imoveis,70002843983

REVISTA FÓRUM

Foto: Twitter